Vouzela,  19 de Setembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

GNR dá importantes conselhos na Operação “Regresso às Aulas 2019”

11 de Setembro 2019

A Guarda Nacional Republicana (GNR) está a promover, em todo o território nacional, acções de sensibilização de professores, alunos e encarregados de educação, transmitindo conselhos de segurança, com o objectivo de garantir um início tranquilo do ano lectivo.

A operação, denominada “Regresso às Aulas 2019,” foca-se na segurança na rua, em casa e rodoviária, “uma vez que o fluxo de trânsito aumenta devido ao transporte dos alunos para a escola,  sendo importante alertar os condutores para a utilização dos cintos de segurança e dos sistemas de retenção para crianças”, revela, em comunicado, a força de segurança.

Circular acompanhado nas deslocações para a escola, evitar locais com pouca luz ou isolados, ter o número do Posto da GNR local à mão e esperar pelos pais, por algum familiar ou amigo dentro da escola são alguns dos conselhos da GNR para os alunos, havendo ainda recomendações quanto ao uso da internet, como escolher bem os conteúdos a publicar, não partilhar palavras-passe ou não acreditar em tudo o que aparece online, entre outros.

Os pais são aconselhados a acompanhar o desenvolvimento escolar dos filhos e as suas rotinas e a informar a GNR sempre que tiverem conhecimento ou suspeita de que estes ou os colegas estejam a ser vítimas de ameaças.

A operação, que começou ontem e decorre até ao dia 20 de Setembro nos cerca de cerca de 5 mil estabelecimentos de ensino sob responsabilidade da GNR, é levada a cabo pelas Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário (SPC) e pelos militares dos Postos Territoriais.

Durante este período, a força de segurança está ainda a divulgar o Programa Escola Segura e a dar a conhecer os militares responsáveis pelo programa na respectiva escola, com a distribuição do número de contacto das SPC.

O nome e o número desses agentes podem ser anotados, por exemplo, neste Horário Escolar que a GNR disponibiliza, podendo os militares ser contactados “sempre que o aluno pretenda um esclarecimento ou necessite de reportar alguma ocorrência”, conclui o comunicado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com